Pode sim!

A endometriose é uma doença crônica, inflamatória, estrogênio-dependente.

Entre as consequências mais comuns estão cólicas intensas, fluxo menstrual aumentado, dor pélvica crônica, dor durante a relação, dor ao evacuar e até mesmo a infertilidade, causada por obstruções/aderências e inflamações em diversos tecidos e órgãos do sistema reprodutor feminino.

Além do tratamento clínico muitas vezes é necessário cirurgia (videolaparoscopia) para tratar a endometriose.

Ainda temos a reprodução assistida que pode ser uma opção.

É indispensável consultar-se com um especialista para ajudar quando o desejo de ser mãe vem acompanhado da endometriose ou para melhora dos sintomas.

#multimagemro #multimagemrm #diagnosticoporimagem #raiox #check-up #centrodediagnostico #saude