Uso continuo do protetor solar

Várias dúvidas sempre surgem no verão sobre a necessidade do uso de protetor solar: quando devo usar, as principais regiões que tenho que passar, fator de proteção recomendado, etc. O uso do protetor solar é extremamente importante pois ele ajuda a combater o câncer de pele, que pode ser causado pelo longo período de exposição ao sol, além de evitar a insolação, queimaduras, manchas, envelhecimento precoce, flacidez, lesões, entre outras complicações.
Quem trabalha no campo já conhece os problemas causados pela exposição ao sol, principalmente entre as 10h e 15h, usando roupas de manga comprida para criar uma barreira física no corpo, mas acabam deixando regiões importantes sem proteção alguma, como rosto, pescoço e as mãos.
Mesmo quem vive nas cidades acaba não se protegendo de maneira adequada, já que o uso do protetor deveria ser diário. O dermatologista Thomas Fitzpatrick classificou a pele em 6 tipos e deu dicas de proteção:
– Tipos 1 e 2: Peles muito brancas e peles brancas. Dica: Para esses tipos de peles, que jamais se bronzeiam e queimam-se com extrema facilidade, recomenda-se o fator de proteção 60, pois, tais protetores são capazes de bloquear 98,5% dos raios ultravioletas;
– Tipo 3 e 4: Peles ligeiramente morenas e peles morenas. Dica: Essas peles já contam com uma pequena proteção natural. Queimam-se com facilidade, mas podem ficar bronzeadas e, por isso, podem ser protegidas com o fator de proteção 30 que filtra 96% dos raios ultravioletas;
– Tipo 5 e 6: Peles muito morenas e peles negras. Dica: Para essas peles, que ficam bronzeadas com facilidade e raramente se queimam, o fator de proteção 15, que filtra 87% dos raios ultravioletas, é o mais indicado.
Por esses motivos use sempre o protetor solar, e no caso de algum sintoma estranho surgir na sua pele procure um médico.
☎️Telefone: (69) 3449-1120
📍Endereço: Rua: Guaporé, 5169 – Centro.